CPF na Nota – Como Funciona

O ato de incluir o CPF na Nota Fiscal beneficia milhares de brasileiros em todo o país. Cada estado aparentemente possui o seu próprio programa de nota fiscal eletrônica, como é o caso da Nota Fiscal Paulista, cujo objetivo é evitar a sonegação fiscal e beneficiar os cidadãos devolvendo uma parcela do imposto pago. Nesse programa apenas os moradores de São Paulo podem participar, mas se você não é da região, poderá procurar em seu estado se há um programa parecido para usufruir das vantagens. Veja a seguir como funciona.

Nota fiscal paulista

Criada pelo governo de São Paulo, a Nota Fiscal Paulista tem como objetivo principal evitar a sonegação fiscal e beneficiar os consumidores do estado. Com um simples cadastro você pode receber a devolução de até 30% do valor do imposto presente na nota fiscal emitida. No entanto, para isso, você precisa informar ao atendente que deseja incluir o seu CPF na nota.

Nota Fiscal Paulista (Foto: Divulgação)

Nota Fiscal Paulista (Foto: Divulgação)

Esse ato faz com que o governo registre a sua compra e fique ciente de que você deve receber o percentual de acordo com a sua compra.

Nota fiscal paulista consulta de saldo

Consultar o seu saldo ou os seus créditos é muito simples, principalmente se você já é cadastrado no portal do programa. Basta acessar o site da secretaria da fazenda, selecionar uma das opções, sendo a mais cabível a de “Consumidor”, e informar o seu CPF e sua senha.

Dentro do sistema, no menu, selecione “Consultar”. Selecione o semestre desejado e faça a consulta. Assim você terá acesso a todos os seus créditos e o percentual que foi devolvido a você.

Nota fiscal paulista emissão

Você também pode usar os créditos, ou seja, o valor recebido como desconto no IPVA do seu carro ou retirar através da sua conta bancária. Para isso, no mesmo portal, selecione a opção de “Conta Corrente” e, em seguida “Utilizar créditos”. Alguns programas de nota fiscal exigem que o indivíduo tenha um determinado valor para que possa sacar.

Você deverá informar se deseja sacar em conta corrente ou poupança. Depois, informe o banco, a agência, o número da conta e as demais informações. Por fim, clique em “Confirmar”. O dinheiro poderá ser sacado. Lembre-se que a conta informada deverá estar no nome do consumidor.

Nota fiscal paulista cadastro

Se você ainda não participa da Nota Fiscal Paulista, está perdendo tempo. No portal que informamos anteriormente você deve selecionar se cadastrar como Pessoa Física ou como Pessoa Jurídica. Serão solicitadas inúmeras informações pessoais, sobre seu veículo, seu endereço, entre outros. Informe tudo que for necessário para que o cadastro seja realizado com sucesso.

Nota Fiscal Paulista - Cadastro (Foto: Divulgação)

Nota Fiscal Paulista – Cadastro (Foto: Divulgação)

Depois, você deverá, em todas as suas compras, pedir a nota fiscal e solicitar que o seu CPF seja incluído para que assim possa receber a devolução do imposto.

Benefícios nota fiscal paulista

O maior benefício da Nota Fiscal Paulista é beneficiar o cidadão devolvendo até 30% do valor do imposto pago na nota fiscal em questão. Além disso, também promove o fim da sonegação fiscal.